segunda-feira, 14 de setembro de 2009

PRIMEIROS PASSOS DE ORGANIZAÇÃO PARA MAIS UMA FEIRA AGROECOLÓGICA EM JACOBINA

No dia 02/09 foi realizada na sede da COFASPI a primeira reunião com agricultores/as familiares para discutir proposta de criação de mais uma feira agroeclógica em Jacobina.
Estiveram presentes além dos representantes da COFASPI (Robson e Francielle), o Senhor Zacarias Coutinho, presidente da APAEJ (Associação dos Produtores Agroecológicos de Jacobina) entidade responsável em coordenar e manter a Feira agroecológica já existente, realizadas todas as quartas-feiras, desde dezembro de 2003. Os/as agricultores/as das comunidades de Coxo de Dentro (Valterlan Goes Brito, Robério Santos de Jesus, Edmilson Bispo da Silva e Sandra Almeida da Silva), da Coreia (Aurinilda P. Carvalho), da Cachoeira dos Alves (Braulino M. Gomes e Epaminondas) e Casa de Repouso Girlanio B. Lima .

Esta ação faz parte do projeto de criação e fortalecimento de uma rede de feiras agroecológicas no Estado da Bahia, iniciado em 2007, uma parceria entre o MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário, CRA hoje IMA - Instituto de Meio Ambiente da Bahia e a CEALNOR Central de Associações do Litoral Norte, que juntamente com as entidades parceiras EBDA, GARRA, MOC, IPB e COFASPI, realizaram.

Esta iniciativa tenta apoiar as ações de desenvolvimento territorial com ênfase na agricultura familiar e na agroecologia, desenvolvendo arranjos produtivos locais, visando a promoção e o fortalecimento das feiras agroecológicas locais, já existentes nos municípios de Jacobina e Umburanas, Território de Identidade Piemonte da Diamantina.
O desafio agora é buscar sensibilizar e articular os outros municípios do Território para o estabelecimento destas feiras locais. Pois o nosso objetivo é facilitar o acesso a mercados locais estruturados de alimentos agroecológicos e aumentar a renda dos agricultores familiares, garantindo o abastecimento de alimentos sadios para a população urbana e rural dentro do conceito de desenvolvimento rural local e regional sustentável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário