segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Oficina de Elaboração do PTDSS

Estamos na fase de Elaboração do Plano Territorial de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (PTDSS) do território Piemonte da Diamantina. Precisamos da participação de todos os municípios e representantes das diversas áreas.
Como elaborar um plano sem ouvir a demanda das mulheres, juventude, cultura, educação, saúde, segurança, agricultura, economia solidária e as diversas áreas?
Chegou o momento de participarmos.
Quando? Dia 20 de setembro de 2016
Onde? Sindicato dos Comerciários de Jacobina
Horário? Das 9 às 17h.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

EnconASA Regional

Agricultoras e agricultores familiares, integrantes da #COFASPI e daCactus - Associação de Assessoria Tecnica participam do EnconASA Regional nos dias 8 e 9 de setembro, em Jacobina/BA. Durante o primeiro dia do evento, será realizado um debate sobre a Articulação do Semiárido (ASA) e sua trajetória, além de diálogos sobre o atual cenário político do Brasil. Na sexta-feira (8), se reúnem apenas os/as delegados/as escolhidos/as para discutir sobre o Estatuto da AP1MC e desenvolver sugestões que, posteriormente, serão socializadas na etapa estadual do EnconASA.


terça-feira, 6 de setembro de 2016

Comunidades Tradicionais

Câmara Técnica das Comunidades Tradicionais realiza encontro na manhã deste domingo (11).


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Ato em Jacobina/BA

União da Juventude Socialista realiza ato contra o golpe nesta quarta, dia 7 de setembro:


Inscrições para Curso Online de Agroecologia do Caerdes começam quarta (7)

O curso terá dez módulos com temas relacionados à agroecologia
Texto e foto: Luna Layse Almeida - Ascom/COFASPI

Nesta quarta (07), começam as inscrições para o segundo curso de Agroecologia e Agricultura Orgânica na modalidade de Ensino à Distância (EaD). Com atividades gratuitas, visa capacitar estudantes, agricultoras/es e demais públicos interessados em conhecer os modos de produção sustentável. Ao todo, serão disponibilizadas 4 mil vagas.
O curso é promovido pelo Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável (Caerdes), da Universidade do Estado da Bahia, Campus Juazeiro e será ministrado pelo professor Dr. Jairton Fraga. Para concorrer às vagas, é necessário fazer inscrição online, entre os dias 07/09/2016 e 30/09/2016, por meio do link: caerdes.blog.br/register.
O material das aulas é composto de conteúdo disponibilizado on-line por meio de videoaulas, textos (em português e espanhol) e cartilhas, que são distribuídos em 10 módulos de unidades de aprendizagem. Serão abordados temas relacionados à agroecologia, a exemplo de produções de compostagem, uso de pó-de-rocha, adubação verde, irrigação, manejo agroecológicos de “pragas e doenças”, dentre outros. 

Mais informações no edital n° 01/2016: http://caerdes.blog.br/edital-no-012016-do-ii-curso-de-agroecologia-e-agricultura-organica/

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Serviços para a agricultura familiar foram anunciados pelo Governador da Bahia, em Jacobina


Nesta sexta-feira (02), representantes da Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (COFASPI) participaram de cerimônia em que o Governador da Bahia, Rui Costa, inaugurou obras de abastecimento de água dos Distritos Junco e Paraíso, localizados em Jacobina/BA, e anunciou serviços para a agricultura familiar. O evento contou também com a participação do Secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, além de outros representantes políticos e integrantes de organizações sociais.

Durante a cerimônia, agricultores familiares receberam títulos de domínio de terra e o governador, Rui Costa, autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural a firmar convênios no âmbito do programa Bahia Produtiva. Após o evento, a visita do governador ao município de Jacobina/BA foi encerrada com almoço na residência do candidato à prefeitura Amaury Teixeira.

Álbum de fotografias:







sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Famílias de Capim Grosso/BA conheceram experiências agroecológicas em Miguel Calmon/BA

Participantes do intercâmbio visitaram propriedades nas comunidades Almas e Cabral, em Miguel Calmon/BA
Agricultoras e agricultores familiares de Jacobina/BA que integram o Programa Uma Terra e Duas Águas, conhecido como P1+2, participaram de intercâmbio em comunidades rurais localizadas em Miguel Calmon/BA, no início do mês de agosto. A atividade foi realizada com o acompanhamento de integrantes da Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (COFASPI), que desenvolve ações do Programa com a parceria do Ministério do Desenvolvimento Social.
Técnica auxilia a irrigação em áreas de plantio
Os participantes do intercâmbio conheceram propriedades de outras famílias que trabalham com produções agroecológicas. Após percorrer a estrada de chão, chegaram à comunidade Almas, onde o agricultor José Nilton, mais conhecido como Zé, socializou técnicas de irrigação, a exemplo do aproveitamento de garrafas plásticas perfuradas para disseminar a água em um raio de aproximadamente quatro metros, seja na área de produção de hortaliças ou no espaço onde há o plantio de milho e da palma sem espinhos.
Durante a explicação, o agricultor foi ainda questionado pelos visitantes sobre como obtém água para molhar os vegetais. A fonte é a água de minação em um poço artesanal construído pela família do agricultor que fica próximo à residência e também um reservatório na parte mais alta da propriedade.
Outras experiências que conheceram na comunidade Almas foram na propriedade do agricultor Jorge Araújo. Onde observaram, inicialmente, o modo como desenvolve o plantio do inhame utilizando estacas como suporte para os ramos. Os/as participantes do intercâmbio aproveitaram ainda para ver as variedades de cenoura, alho, coentro, alface e algumas das fruteiras que estão próximas da área onde há um barreiro com 52 metros de comprimento, além de ouvir a sugestão de Jorge sobre a necessidade de sempre fazer cobertura nos solos para ajudar a manter a terra úmida, evitando desperdícios de água.
Produção agroecológica na propriedade da agricultora Rosecleide Brito
Em outra comunidade próxima, chamada de Cabral, visitaram a propriedade da agricultora Rosicleide Brito que já havia desenvolvido uma atividade prática com o grupo explicando como produz um composto orgânico essencial para nutrir os solos, feito com o aproveitamento de materiais que tem na propriedade. “A troca de conhecimentos é uma forma de distribuir o que a gente constrói”, afirmou a agricultora. Ela mostrou ainda, algumas das áreas onde produz, por exemplo, variedades do tomate, hortaliças e outros alimentos que servem para o consumo familiar e também são comercializados na feira agroecológica do município, com outras famílias agricultoras como a de Zé.

Texto: Luna Layse Almeida – Ascom/COFASPI

Álbum de fotografias:







quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Sonhei com as Zolimpíadas (do Sertão)

Chegando no meu sertão
Foi o maior espetáculo
Que se viu na região
Tinha gente que só a peste
Lá das brenhas do nordeste
Chegando de caminhão

No desfile de abertura
A bandeira nordestina
Toda feita de retalhos
Pelas mãos de Severina
E eu ali, de camarote
O bode virou mascote
A tocha era a lamparina

A nossa delegação
Para conquistar os louros
Desfilou de guarda-peito
Gibão e chapéu de couro
E enfrentando a batalha
Conquistou muitas medalhas
de bronze, de prata e ouro

Quem carregou a bandeira
Foi Ritinha de Zé Bento
Já a pira foi acesa
Por Tonin de Livramento
Nosso atleta principal
E recordista mundial
Do hipismo de jumento

Antes das competições
Um lanche bem reforçado
Com buchada, cajuína
Rapadura e milho assado
Fava verde com galinha
Sarapatel com farinha
Angu com bode guisado

Nas águas do Velho Chico
As provas de natação
Os pulos ornamentais
De cima de um paredão
Ginástica num terreiro
Remo e vela num barreiro
E judô num palhoção

A maratona, seu moço
Era por nossas estradas
Atravessando os riachos
Nas veredas, nas quebradas
Da paisagem nordestina
Ao som do galo-campina
E da patativa golada

Na competição de tiro
Os velhos de bacamarte
Pé-de-bode, granadeira
Vestimenta de zuarte
E davam cada pipoco
Do sujeito ficar môco
De se ouvir em toda parte

A prova de atletismo
Conhecida por carreira
De cem e duzentas léguas
Com barreira e sem barreira
Foi por dentro do cercado
Atravessando um roçado
Pelo meio das capoeira

Os saltos, lá no sertão
Eram provas de “pinote”
De riba de uma barreira
Num pedaço de caixote
O cabra de lá pulava
Num açude tibungava
Caindo feito um caçote

O jogo de futebol
Se jogava sem chuteira
Num campo de chão batido
No alto de uma ribanceira
As traves de barandão
O campo sem marcação
No calor e na poeira

Levantamento de peso
Quem ganhou foi Sebastião
Cinco sacos de Farinha
Três arrobas de algodão
Com esse peso todinho
Ele se ajudou sozinho
E se sagrou campeão

O arremesso de pedra
Quem ganhou foi Expedito
No tiro com baladeira
Carmelita fez bonito
E Já na queda de braço
O ouro foi pra Inaço
E a prata pra Benedito

Fizeram de três batentes
Pódio pra premiação
Com uns ramos de onze-horas
Era a coroação
E numa latada de lona
Asa branca na sanfona
Completava a emoção

E assim eu me acordei
Com orgulho do sertão
Desse povo vencedor
De tão grande coração
De história tão sofrida
Que nas batalhas da vida
Nasceu pra ser campeão

Autor: Djacy Veras

Associação comunitária seleciona jovem para assessorar ações do Bahia Produtiva


A Associação do Brejo Grande de Cima, com sede em Miguel Calmon/BA, abriu inscrições para o processo seletivo que visa contratar um Agente Comunitário Rural, que irá prestar serviços no âmbito de ações desenvolvidas pelo Projeto Bahia Produtiva, por meio do convênio n°229/2016, firmado com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional. Para concorrer à vaga, o/a jovem com idade entre 18 e 29 anos deve ser residente na comunidade Brejo Grande de Cima ou no seu entorno, ter afinidade com agricultura familiar e experiências relacionadas à cadeia produtiva da Ovinocultura, além de atender outros pré-requisitos descritos no edital de seleção.
O envio de currículos e da documentação necessária para a primeira etapa de avaliação é até o dia 2 de setembro e deverá ser endereçado à Associação Brejo Grande de Cima, localizada na Rua do Bambú, distrito de Brejo Grande, Miguel Calmon/BA. Os/as candidatos devem, por exemplo, comprovar a conclusão de curso do nível médio ou médio técnico, ter Carteira Nacional de Habilitação na categoria A (motos) e descrever, em uma carta de intenções, os motivos de interesse em participar do processo seletivo, especificando as experiências nas áreas de economia solidária, agricultura familiar, assistência técnica ou gestão de projetos sociais e esclarecer se possui disponibilidade para prestar serviços de assessoria. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.
A seleção será realizada em duas etapas. Após a análise do currículo e documentos, os/as candidatos/as classificados/as serão entrevistados. O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 12 de setembro. Um dos objetivos do processo seletivo para contratação de Agente Comunitário Rural é contribuir para a permanência da juventude no campo. Confira abaixo o edital na íntegra com os detalhes sobre a seleção:







quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Lançamento de publicação


Nesta sexta (26), será o lançamento da publicação de Ademir Carmo que reúne cordéis sobre temas relacionados, principalmente, ao trabalho e modos de vida rural. Agricultor, Ademir é também integrante do Projeto ATER, desenvolvido pela #COFASPI por meio da SDR do Governo da Bahia, que desenvolve ações de assistência à agricultura familiar, acesso a políticas públicas e incentivo de práticas agroecológicas.

O quê? Lançamento da publicação “O sonho de um lavrador”
Quando? Sexta-feira, dia 26/08 às 19h
Onde? Colégio Pedro Daltro, no distrito Junco – Jacobina/BA