quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Participe!

Venha fazer parte da “Ação Entre Amigos e Amigas”! Ajude e também concorra a prêmios, participando da rifa e do torneio de futebol.


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Oficina de Agroecologia

Nesta quarta-feira (03), acontece a primeira Oficina de Agroecologia do Projeto Apoio à Rede de Feiras Agroecológicas do Piemonte da Diamantina, executado pela COFASPI por meio de convênio com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte. Confira a programação:


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

5° Encontro Regional de Agricultores e Agricultoras Experimentadores/as

| COFASPI: Para celebrar os saberes de agricultores e agricultoras familiares que fortalecem a soberania alimentar e convivência com o Semiárido em municípios da Bahia, além de garantir a comercialização de alimentos saudáveis, a Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (COFASPI), com o apoio de parceiros/as, anualmente realiza encontros entre muitos/as desses/as protagonistas sociais e representantes de organizações/entidades fundamentais no apoio às práticas agroecológicas. Em 2015, a 5ª edição do Encontro Regional de Agricultores e Agricultoras Experimentadores/as, realizada de 25 a 27 de novembro, em Jacobina/BA, promoveu diálogos, troca de saberes, valorização das culturas locais e visitas a famílias beneficiárias de Projetos desenvolvidos pela COFASPI. Confira no vídeo e compartilhe! 

#AgriculturaFamiliar
#Agroecologia
#COFASPI


segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Edital da Fundação Banco do Brasil vai selecionar Projetos de Inclusão Socioprodutiva



A Fundação Banco do Brasil (FBB) está com edital aberto para receber Projetos de Inclusão Socioprodutiva com foco à realização de ações relacionadas à Agroecologia, Agroindústria, Água, Educação e Resíduos Sólidos. Os projetos devem ter valor de R$80 mil a R$200mil e podem financiar máquinas, equipamentos, veículos, obras civis, consultorias e assessorias. 
Podem apresentar propostas pessoas jurídicas legalmente constituídas e sem finalidade lucrativa (associações, cooperativas, ONGs e OSCIPs) que atendam às exigências do Edital. As inscrições serão até 30 de abril, com prioridade para o atendimento do pleito, dentre os projetos elaborados e devidamente enquadrados em conformidade com todos os parâmetros do edital, pela ordem de inscrição. Logo, os primeiros projetos cadastrados no site da FBB terão prioridade.

Mais informações: http://bit.ly/1J0KY77

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Grapho's RH e Fundação parceira selecionam técnicos e estagiários de áreas diversas

Texto: Grapho´s Recursos Humanos


A Grapho's RH, em parceria com a Fundação Luis Eduardo Magalhães, de direito privado, seleciona os seguintes cargos para atuação nos municípios de Juazeiro, Jacobina e Senhor do Bonfim, na Bahia:

TÉCNICO (A) EM DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO (6 VAGAS)

- Graduação em Ciências Agrárias,
- Conhecimento em desenvolvimento rural sustentável, aspectos administrativos e financeiros de projetos, gestão ambiental e da realidade do Semiárido baiano,
- Experiência requerida: mínimo de 3 (três) anos com gerenciamento de equipes em programas ou projetos de desenvolvimento regional no semiárido e em projetos financiados por organismos internacionais,
- Mínimo de 2 (dois) anos de experiência em projetos de desenvolvimento socioprodutivo voltado para a agricultura familiar no Semiárido e com execução de projetos das principais cadeias produtivas do Semiárido,
- Ter carteira de habilitação,
- Habilidade em informática,

TÉCNICO (A) EM DESENVOLVIMENTO DE CAPITAL HUMANO E SOCIAL (6 VAGAS)

- Graduação nas áreas das Ciências Agrárias ou Sociais ou Humanas,
- Conhecimento em desenvolvimento rural sustentável, aspectos administrativos e financeiros de projetos, gestão ambiental e da realidade do Semiárido baiano,
- Experiência requerida: mínimo de 3 (três) anos em programas ou projetos de desenvolvimento regional no Semiárido e em projetos financiados por organismos internacionais,
- Mínimo de 2 (dois) anos em projetos de desenvolvimento socioprodutivo, elaboração de projetos para a captação de recursos no Semiárido, em capacitação de organizações da agricultura familiar no Semiárido, com comunidades quilombolas e de fundo de pasto no Semiárido,
- Ter carteira de habilitação,
- Habilidade em informática.

ESTAGIÁRIO (3 VAGAS)

- Estudantes cursando nível superior em Administração, Ciências Sociais, Direito ou Ciências Agrárias,
- Conhecimento em desenvolvimento rural sustentável,
- Habilidade em informática.

Os interessados devem enviar currículo e documentos que comprovem a experiência e os requisitos para o e-mail: curriculorh@uol.com.br. Colocar em “assunto” o nome do cargo pretendido e encaminhar até 18/01/2016.

Importante: Os candidatos convocados para seleção deverão trazer os originais correspondentes aos enviados por e-mail. NÃO TERÁ VALIDADE NENHUM OUTRO DOCUMENTO ACRESCIDO POSTERIORMENTE.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Edital irá selecionar subprojetos orientados para o mercado da cadeia produtiva da caprinovinocultura



A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural, divulgou o Edital de Chamada Pública Nº 05/2016 do Projeto Bahia Produtiva, que visa selecionar Subprojetos Orientados para o Mercado, visando a melhoria das condições de vida da população rural do Estado da Bahia, com o foco na dinamização das cadeias produtivas da caprinocultura de corte e leite e da ovinocultura de corte.
Os públicos beneficiários são organizações produtivas da agricultura familiar e de empreendimentos de economia solidária (associações e cooperativas) do Estado da Bahia que atendam aos pré-requisitos do Edital, disponível no site: www.car.ba.gov.br
As Manifestações de Interesse podem ser inscritas no período entre 01/02/2016 e 29/02/2016, sendo priorizadas, durante o processo seletivo, as que contemplarem investimentos em Subprojetos que viabilizem: uso de águas pluviais, energia solar, utilização do esterco de caprinos e/ou ovinos com fins de utilização de fertilizante natural, reflorestamento de espécies nativas com vistas à contenção do rebanho (cercamento de pasto) e demais práticas agroecológicas.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

SASOP lança edital para seleção de profissionais na área de ciências agrárias

Texto: SASOP


O Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (SASOP) está selecionando profissionais na área de ciências agrárias (um agrônomo e dois técnicos/as agrícolas). O SASOP é uma organização da sociedade civil que desde 1989 vem contribuindo para assegurar a agricultores, agricultoras, pescadores e pescadoras artesanais uma melhor qualidade de vida no campo. Sua missão é contribuir para o desenvolvimento rural sustentável a partir do fortalecimento da agricultura familiar, com base na Agroecologia e favorecer o protagonismo e a conquista da cidadania por agricultores, agricultoras e suas organizações. A Organização atua por meio de Programas de Desenvolvimento Local nos Territórios Sertão do São Francisco e Baixo Sul da Bahia, em dois dos principais biomas da Bahia: Caatinga e Mata Atlântica, respectivamente.

Confira o edital completo:



segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Dia de campo reúne agricultores e agricultoras da comunidade Baixão Grande, localizada em Várzea Nova/BA

Texto: Luna Layse Almeida – Ascom/COFASPI

Robson Aglayton e Farnésio Bráz com o agricultor Adão Santos

Em Baixão Grande, comunidade rural situada no município de Várzea Nova/BA, o agricultor Adão Santos, com a colaboração da família, desenvolve cultivos agroecológicos, principalmente, para o consumo de produtos saudáveis nas refeições. No quintal, ele fez questão de mostrar a diversidade de plantios, como as hortaliças, que é molhada geralmente ao final do dia, por meio de um sistema de irrigação. Das fruteiras, chamou a atenção a mangueira carregada de frutas grandes e de cor rosa-escuro, que o agricultor tirou de alguns dos galhos para oferecer aos amigos/as e visitantes que chegaram para participar de uma atividade de “Dia de Campo”, realizada na última sexta-feira (18), que faz parte das ações do Projeto Assistência Técnica e Extensão Rural, executado pela COFASPI.
Já o milho, é utilizado, por exemplo, nos bolos, feitos pela esposa, conhecida como Zefinha, ela também é quem preside a Associação Comercial dos Produtores Rurais do povoado de Baixão, onde antes, em uma roda de conversas, agricultores e agricultoras dialogaram sobre temas como agroecologia - em seus relatos destacaram que ainda há pouca valorização, por muitos consumidores, dos alimentos cultivados sem venenos e isto pode ser um dos fatores que prejudicam a saúde da população.
Construção do canteiro
Foi depois da conversa e de ouvir orientações do animador de campo Saullo Lima, que o grupo retornou com integrantes da COFASPI para o local onde mora a família de Adão e Zefinha para iniciar a prática de construção de um canteiro econômico, que contribui para reduzir o gasto de água na produção de hortaliças, técnica que Adão não conhecia, também explicou que outra novidade que aprendeu com o Projeto ATER foi a cobertura do solo com folhas ou galhos secos para diminuir a incidência da luz solar.

Canteiro econômico – Para fazer a construção, foi feita a escavação do solo e cobertura com uma lona. Em seguida, foi colocado, um cano com perfurações para a saída de água próximo à raiz das plantas que serão cultivadas no canteiro. “Com essa técnica, molhando uma vez durante o dia já é o bastante porque ele tem a lona e a água não infiltra, então você molha de baixo pra cima (...), e as hortaliças se mantêm sempre úmidas”, explicou o animador de campo Saullo Lima.