terça-feira, 19 de maio de 2015

COFASPI participa de Oficina Estadual sobre Convivência com o Semiárido

No final do ano passado, a Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA) completou 15 anos de trajetória. São 15 anos de lutas e conquistas, de valorização de homens e mulheres que teimam em ser felizes nesse chão, são 15 anos lutando pela conquista de direitos.
E a luta continua! A ASA promove, de hoje (19) até dia 21 de maio, em Feira de Santana, a Oficina Estadual sobre Convivência com o Semiárido. Visando refletir sobre a caminhada da ASA no estado, discutindo os desafios e possibilidades para potencializar o semiárido como uma região de maior expressão da produção de alimentos saudáveis no Brasil.
A oficina está sendo ministrada por Antonio Barbosa, da AP1MC, e conta com a participação de Naidison Baptista, integrante do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea) e da coordenação geral da ASA, além de técnicos/as, coordenadores/as e gerentes de 30 entidades que fazem parte da Rede ASA em todo o Estado baiano, dentre elas a COFASPI – Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte

.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

COFASPI REALIZA ENCONTRO DE AVALIAÇÃO DO P1+2

“É mais que um encontro de avaliação, momento de refletir e também comemorar as boas novas semeadas no Semiárido”. Grandes alegrias, muitas emoções marcam o encontro de avaliação a acerca das ações do Programa Uma Terra e Duas Águas – P1+2 realizado pela Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte - COFASPI, vindo da Articulação Semiárido Brasileiro - ASA, com apoio financeiro do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS.

Dessa forma, agricultores e agricultoras dos municípios de Capim Grosso, Jacobina e Mirangaba na Bahia, junto a equipe técnica do P1+2 celebrou e avaliou pontos positivos e negativos do processo de formação, mobilização e construção do P1+2, além da transformação já visível no olhar de bem querer sobre o Semiárido, rico em possibilidades. E assim, bons sentimentos despertados e um abraço fraterno encerra o encontro.

“Só temos que agradecer por esse projeto e colher bons frutos de mais essa alternativa e que venha outros projetos P1+3 mais 4 para melhorar nossa vida no campo”, diz João. “Quero agradecer pela minha cisterna e comemorar meus 70 anos junto com vocês. E dizer que, enquanto vida tiver vou produzir muita coisa natural”, expressa Dona Julia.

“É no Semiárido que a vida pulsa,
é no Semiárido que o povo resiste”!!!

Robervânia Cunha, Comunicadora da COFASPI

quinta-feira, 30 de abril de 2015

RESULTADO FINAL DO EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL - 02/2015


Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte – COFASPI


A Presidente da Comissão de Seleção de Pessoal da COFASPI, instituída pela Resolução 02/2014 de 01/04/2014 da Presidência da Instituição, torna público resultado da Fase Final, Entrevista em sequência eliminatória, do Edital para Seleção de Pessoal 02/2015, para trabalhar no ATER – Chamada Pública 001/2012 – Lotes 06 e 18 SUAF/SEAGRI/COFASPI, conforme as tabelas a seguir:



CANDIDATO
CARGO
RESULTADO
01
Raiane Lima dos Anjos
Auxiliar Administrativo
Selecionada
02
Felipe da Silva Santos
Auxiliar Administrativo
Não Selecionado
03
Edivan Santana Quintino
Auxiliar Administrativo
Não Selecionado




CANDIDATO
CARGO
RESULTADO
01
André Almeida Silva
Animador
Selecionado
02
Claudinei Oliveira Sousa
Animador
Selecionado
03
Marcos Antônio Sampaio da Silva
Animador
Selecionado
04
Oberdan Oliveira Fernandes de Almeida
Animador
Selecionado
05
Saullo Vinícius Rios Lima
Animador
Selecionado
06
Tainan Oliveira Fernandes de Almeida
Animadora
Selecionado






O candidato selecionado deverá aguardar contato telefônico da COFASPI para agendamento da entrega dos documentos  na sede da COFASPI (Loteamento Vila Mãe Xanda, Rua 02, nº 60, Jacobina II, Jacobina – Bahia, CEP: 44.700-00), em horário comercial (08h00 – 12h00 / 14h00 – 18h00), portando os seguintes documentos:

01 foto ¾;
Exame médico admissional (Com profissional da área);
RG (Cópia);
CPF (Cópia);
Carteira de trabalho;
Título de eleitor (Cópia);
CNH - (Cópia);
Comprovante de residência (Cópia);
Certidão de Casamento (Cópia);
Cartão do P.I.S., ou Cartão Cidadão, ou Relatório da Caixa Econômica Federal, constando o número do P.I.S., caso não conste na carteira de trabalho;
Cartão com dados bancários do Banco do Brasil (Cópia).

Se houver filho (s) menor (s) de 14 anos, trazer os seguintes documentos:
Certidão de Nascimento (Cópia);
Carteira de Vacinação (Cópia);
Comprovante de frequência escolar, para maiores de sete anos (Cópia).

Qualquer informação ligar para:
(74) 3622 – 0017 - Fixo da COFASPI
(74) 9997 – 1616 / 9113 – 1868 / 8823 – 3332 / 8105 – 4212 - Nara Lígia – Presidente da Comissão de Seleção.


Jacobina – Bahia, 30 de abril de 2015
Nara Lígia Almeida Silva
Presidente da Comissão de Seleção de Pessoal












segunda-feira, 27 de abril de 2015

CARTA ABERTA DO I ENCONTRO DE JUVENTUDE E ECONOMIA SOLIDÁRIA

   “É no peito da Juventude que pulsa uma nova economia”                                                            
Monte Santo, 26 de abril de 2015.

Somos jovens, homens e mulheres do campo e da cidade, lideranças de comunidades e movimentos sociais, membros de empreendimentos econômicos solidários, que articulados pelo Grupo Regional de Economia Popular e Solidária – GREPS, pela Associação Regional dos Grupos Produtivos Solidários de Geração de Renda – ARESOL e pelo Coletivo de Educadores/as, nos dias 25 e 26 de abril de 2015, estivemos reunidos no município de Monte Santo-BA. Buscamos discutir a participação da juventude na Economia Solidária, tal como fortalecer o protagonismo desse setor em espaços de mobilização, articulação e proposição de políticas públicas.


Nos organizamos através de grupos produtivos solidários, Escolas famílias Agrícolas movimentos sociais e Fundos Rotativos Solidários. Valorizamos nossos produtos e nossa cultura; o respeito e a preservação da natureza e da terra. Prezamos pelo modo de trabalho organizado e coletivo que potencialize o saber local e as experiências dos agricultores e agricultoras; buscamos criar relações de parcerias com autonomia para viver uma economia solidária pautada pelo protagonismo da juventude, em diferentes espaços de organização. Queremos transformações econômicas, pautadas na autogestão dos processos econômicos, sempre com sustentabilidade ambiental, participação democrática e justiça social.

A Economia solidária representa para nós a valorização e o resgate das culturas populares, dos frutos da região, o trabalho coletivo e a revisão de pensamento na construção de uma sociedade melhor. O modo de produção cooperado, nos leva a pensar mais a viver uma vida em comum que nos oferece uma alternativa de desenvolver o espírito coletivo e a construção de uma sociedade mais justa, mais unida e solidária. Permitindo, portanto, a resistência e permanência do jovem no campo com incentivo a produção familiar e agroecológica.

Queremos que as Finanças Solidárias (fundos rotativos solidários, bancos comunitários e cooperativas de crédito solidário) seja para os jovens, uma alternativa para fortalecer a Economia Solidária, bem como, as politicas públicas de acesso a terra, água, educação contextualizada e comercialização. Assim, pensando em formas de contribuir para a expansão do movimento de Economia Solidária propomos a realização de intercâmbios que valorizem, sobretudo, o meio rural e os espaços produtivos na troca de saberes com outras experiências. Queremos a criação de espaços de formação específicos para os jovens sobre economia popular e solidária, para que a juventude possa se representar e pautar suas demandas. Nesse sentido, faz-se necessário expandir e democratizar os
meios de comunicação. Assim, devemos promover a união dos movimentos, visando a divulgação de experiências com novos multiplicadores.

Para o Governo Estadual, especificamente, Superintendência de Economia Solidária – SETRE/SESOL e Secretaria de Desenvolvimento Rural – SDR, solicitamos:
  •  Criação e ampliação de politicas públicas para os jovens da economia solidária;
  • Criação e ampliação de politicas de comercialização dos produtos da economia solidária e fiscalização dessas politicas;
  • Flexibilização no acesso aos mercados formais e institucionais, para os grupos de Economia Solidária, os casos dos selos: SIM, SIE e SIF;
  • Criação de editais específicos de estruturação e Assessoria técnica e formação especializada para economia popular solidária;
  • Efetivar a fiscalização nas entidades executoras (prefeituras e escolas estaduais) do programa nacional de alimentação escolar – PNAE (In loco), sobre o cumprimento dos contratos com os empreendimentos;
  • Investimento de recursos financeiros para apoio às Escolas Famílias Agrícolas 
A Juventude, presente nesse encontro, se coloca como protagonista da Economia Popular e Solidária e busca o fortalecimento das iniciativas de produção coletiva. Nesse sentido, apontamos para a necessidade do nosso reconhecimento como setor estratégico para ampliação e fortalecimento da Economia Popular Solidária. Queremos o reconhecimento desse documento nos espaços de construção de políticas públicas e articulação do movimento como: Fórum baiano de ECOSOL, Conselho Estadual de Economia Solidária e Conselho Estadual de Juventude.


Entidades que assinam essa carta:
IRPAA - Instituto Regional da Pequena Propriedade Apropriada;
Centro Público de Economia Solidária Litoral Sul
Associação Beneficente Josué de Castro
CACTUS - Associação de Assist. Técnica e Assessoria aos Trab. Rurais e Movimentos Populares
Fundação Esquel Brasil
PJR - Pastoral da Juventude Rural
EFASE - Escola Família Agrícola do Sertão
EFAI - Escola Família Agrícola de Itiúba
ARESOL - Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda
GREPS - Grupo Regional de Economia Popular e Solidária
CETA - Movimento de Acampados e Assentados
MPA - Movimento dos Pequenos agricultores
Associação da Lagoa do Saco
CPT - Comissão Pastoral da Terra Centro Norte/ Bomfim
Câmara territorial de juventude Litoral Sul
COFASPI - Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte
 APPJ - Associação de pequenos produtores de Jabuticaba
AGROTERRA - Associação Baiana de Técnicos em Agropecuária e Serviços Socioambientais voltado a Agricultura Familiar

sábado, 25 de abril de 2015

RESULTADO FINAL DO EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL - 03/2015

Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte
COFASPI

A Presidente da Comissão de Seleção de Pessoal da COFASPI, instituída pela Resolução 02/2014 de 01/04/2014 da Presidência da Instituição, torna público resultado da Fase Final, Entrevista em sequência eliminatória, do Edital para Seleção de Pessoal 03/2015, para trabalhar no PROJETO MAIS ÁGUA II: Captação de Água de Chuva para Produção e Dessedentação no Semiárido Baiano, CONTRATOS Nº 060/2014 e 061/2014, ESTADO/SJDHDS/COFASPI, conforme tabela a seguir:


CANDIDATO
CLASSIFICAÇÃO
RESULTADO
VAGA
01
Gineton da Silva Batista
1º Colocado
Selecionado
Gerente Administrativo
02
Vitor Lima Meneses
2º Colocado
Não Selecionado
Gerente Administrativo
03
Gilmar Oliveira Santos
3º Colocado
Não Selecionado
Gerente Administrativo

O candidato selecionado deverá comparecer no dia 05 de maio do corrente ano (terça-feira), na sede da COFASPI (Loteamento Vila Mãe Xanda, Rua 02, nº 60, Jacobina II, Jacobina – Bahia, CEP: 44.700-00), em horário comercial (08h00 – 12h00 / 14h00 – 18h00), portando os seguintes documentos:

01 foto ¾;
Exame médico admissional (Com profissional da área);
RG (Cópia);
CPF (Cópia);
Carteira de trabalho;
Título de eleitor (Cópia);
CNH - (Cópia);
Comprovante de residência (Cópia);
Certidão de Casamento (Cópia);
Cartão do P.I.S., ou Cartão Cidadão, ou Relatório da Caixa Econômica Federal, constando o número do P.I.S., caso não conste na carteira de trabalho;
Cartão com dados bancários do Banco do Brasil (Cópia).

Se houver filho (s) menor (s) de 14 anos, trazer os seguintes documentos:
Certidão de Nascimento (Cópia);
Carteira de Vacinação (Cópia);
Comprovante de frequência escolar, para maiores de sete anos (Cópia).

Qualquer informação ligar para:
(74) 3622 – 0017 - Fixo da COFASPI
(74) 9997 – 1616 / 9113 – 1868 / 8823 – 3332 / 8105 – 4212 - Nara Lígia – Presidente da Comissão de Seleção.

Jacobina – Bahia, 25 de abril de 2015
Nara Lígia Almeida Silva
Presidente da Comissão de Seleção de Pessoal